Conheça os 11 Pantanais

Conheça as 11 microrregiões Pantaneiras

 

Apesar de ser um bioma único, o Pantanal é formado por 11 microrregiões e ao longo dos meses que se passaram nós falamos sobre cada uma dessas microrregiões. Você perdeu? Não se preocupe! Cá estamos de volta para fazer um resumão sobre o assunto e deixar na mão todos os links para que você encontre sobre cada uma delas de uma maneira bem facinha.

Vamos lá.

 

Pantanal de Abobral

A microrregião do Abobral compreende uma área de 2.833 km², localizada no Mato Grosso do Sul.

O pantanal de Abobral é a menor microrregião, limitando-se ao vale do Rio Abobral e, parcialmente, do Rio Negro. Tem como limites os pantanais da Nhecolândia, de Miranda, de Nabileque, de Aquidauana, Paiaguás e Paraguai. Por ser uma região mais baixa, com apenas 90 metros de altitude, é uma das primeiras a se alargar totalmente durante as cheias, podendo permanecer com seus campos alagados por até 6 meses, deixando os pastos parecidos com grandes lagoas, e as sedes de fazendas parecendo pequenas ilhas.

Quer saber mais sobre a microrregião Microrregião Pantaneira Abobral?  Clique aqui

 

Faz. São Bento ilhada. Foto: Daniel Marinho

 

Pantanal de Aquidauana

Localizada no Mato Grosso do Sul, o Pantanal de Aquidauana que está todo inserido dentro do município de Aquidauana, porta de entrada para o Pantanal sul-mato-grossense. Está situada no sudeste do Pantanal brasileiro. Faz limite com o Pantanal da Nhecolândia ao norte, a Serra de Maracajú, ao leste, os Pantanais do Aboral e do Miranda a oeste e ao sul faz divisa com regiões de altitudes mais elevadas com cerrados e áreas de pastagens plantadas. O Pantanal de Aquidauana possui um dos mais belos ecossistemas do planeta, contribuindo com aproximadamente 4,9 % do total da reserva do pantanal brasileiro

Quer saber mais sobre a Microrregião Pantaneira Aquidauana? Clique aqui

 

Fonte: http://www.turismo.ms.gov.br/

 

Pantanal de Barão de Melgaço 

Localizada entre os rios Cuiabá e Itiquira, no estado brasileiro do Mato Grosso, a região de Barão de Melgaço é vizinha do famoso paraíso natural: a Chapada dos Guimarães.

A microrregião está entre as áreas de maior concentração de aves e sua biodiversidade chama atenção dos amantes da natureza.

Quer saber mais sobre a microrregião Pantaneira Barão de Melgaço? Clique aqui

 

Fonte: Viver Viajando

 

Pantanal de Cáceres

Localizado na região sudoeste do estado de Mato Grosso, Cáceres é um município com uma área territorial de 24.796,8 km2 que faz fronteira com a Bolívia. É a principal cidade mato-grossense abrangida pelo Pantanal. Essa região faz fronteira com o Pantanal de Poconé a leste e o Pantanal do Paraguai ao Sul.

Quer saber mais sobre a Microrregião Pantaneira Cáceres: Clique aqui

 

Cáceres. Foto: MP- MT

 

PANTANAL DE MIRANDA

Conhecida como o paraíso do Pantanal, Miranda atrai milhares de turistas anualmente. Delimitada ao norte pelo pantanal de Abobral, ao sul pelas florestas chaquenhas do município de Porto Murtinho, a leste pelo pantanal de Aquidauana e a oeste pela Serra da Bodoquena e o Pantanal de Nabileque o Pantanal de Miranda é rico em belezas naturais, biodiversidade de fauna e flora.

Quer saber mais sobre a microrregião Pantanal de Miranda? Clique aqui

Jacaré avistado em Miranda, no Pantanal. (Foto: Cynthia Doutel Ribas/Creative Commons)

 

Pantanal do Nabileque

Distrito do município de Corumbá, o pantanal de Nabileque vai ao norte, até o pantanal do Abobral, ao sul, até a floresta chaquenha de Porto Murtinho; a leste, até o pantanal de Miranda; e a oeste, até as matas situadas na fronteira boliviano-paraguaia.

O Nabileque é um dos primeiros pantanais a sofrer as inundações, por isso, a chegada das primeiras chuvas em outubro já vira motivo de preocupação.

Quer saber mais sobre a microrregião Pantanal do Nabileque? Clique aqui

 

Fonte: Campo Grande News

 

PANTANAL DE NHECOLÂNDIA

Situado em Corumbá, o Pantanal de Nhecolândia é uma das maiores regiões da área pantaneira. A região destaca-se por sua imensa diversidade e é marcada pela presença de baías e salinas. É a única área de todo o Pantanal que apresenta o mosaico de lagoas salinas e de água doce, entremeando cordilheiras com vegetação florestal e, entre estas, corixos e vazantes.

Quer saber mais sobre a microrregião Pantanal de Nhecolândia? Clique aqui

 

Salinas do Pantanal da Nhecolândia. Foto: Gustavo Figueirôa

 

 

PANTANAL DO PARAGUAI

 

O território do Pantanal do Paraguai vai desde a ilha do Caracará, nos limites no Pantanal de Cáceres, até as do Maciço do Urucum, ao Sul de Corumbá e representa, em sua maioria, a grande planície de inundação do Rio Paraguai. 

O Pantanal do Paraguai é caracterizado pela incidência de baías e longos períodos de inundação. Algumas áreas permanecem constantemente inundadas!

Quer saber mais sobre a microrregião Pantanal do Paraguai?  Clique aqui

Serra do Amolar, no Pantanal do Paraguai. Foto: Gustavo Figueirôa

 

PANTANAL DE PAIAGUÁS

É a maior microrregião do Pantanal, e por localizar-se entre os rios São Lourenço, Taquari e Itiquira, a região de Paiaguás é conhecida por apresentar umas das cheias mais intensas do Pantanal, chamando a atenção dos moradores nas épocas de chuva.

A região apresenta solo extremamente arenoso, tornando as atividades típicas da região, como a pecuária por exemplo, muito prejudicadas.

Quem saber mais sobre a microrregião Pantaneira de Paiaguás? Clique aqui

 

Foto: Sindicato Rural de Bela Vista

 

Pantanal de Poconé

Poconé é a porta de entrada para o Pantanal Mato-grossense, onde fica localizada a transpantaneira.

Poconé é um município brasileiro do estado de Mato Grosso com 17.260,861 km² de extensão. Situa-se a 100 km de Cuiabá e a 86 km de Várzea Grande, a maior cidade nos arredores.

O Poconé é um município do Parque Nacional do Pantanal, banhado pelos riquíssimos rios Cuiabá e Paraguai. 

Quer saber mais sobre a Microrregião Pantaneira de Poconé? Clique aqui

 

Início da Foto: Gustavo Figueiroa

 

Pantanal de Porto Murtinho

Das onze sub-regiões, Porto Murtinho é a segunda menor, ocupando nem 3% do Pantanal brasileiro. Fica no extremo sul do Pantanal brasileiro, colado no Paraguai.

Quer saber mais sobre a microrregião Porto Murtinho? Clique aqui

 

Terminal de Porto Murtinho – Foto: Toninho Ruiz

 

E ai? Qual dessas regiões você conhece ou mais tem vontade de conhecer? Deixa ai nos comentários.