Skip to main content

O tetraedro do fogo

Desde o ano passado, durante os incêndios de 2020 no Pantanal, uma de nossas missões é trazer atualizações em tempo real sobre a situação na região, às consequências dos incêndios, auxiliando as ações de combate. 

Mas vamos voltar um pouquinho e falar da teoria. Afinal de contas, de onde surge o fogo?  O que define um incêndio?

Vem com a gente pra entender tudo.

 

O que é fogo?

Fogo nada mais é do que uma reação química, chamada combustão, que libera luz e calor. 

A teoria do fogo considerava três elementos básicos necessários para iniciar uma combustão: Combustível, comburente e calor. Esses elementos eram denominados tríades do fogo. Mais recentemente um quarto elemento também passou a ser considerado como fundamental para a combustão, a reação em cadeia. Daí surgiu o “tetraedro do fogo”. 

Teoria Básica do Fogo - Conceito e Triângulo do Fogo

Teoria Básica do Fogo – Tríade do fogo e tetraedro do fogo. Fonte: gestaodesegurancaprivada.com

 

Combustível:  É todo elemento suscetível a entrar em combustão fornecendo energia para a queima. Ex. Madeira, papel, matéria orgânica, etc. Podem ser classificados como combustíveis sólidos, líquidos ou gasosos.

Comburente: É todo elemento que, associando-se quimicamente ao combustível, é capaz de fazê-lo entrar em combustão. O oxigênio é o mais conhecido.

Calor: O calor é uma forma de energia. É o elemento que inicia o fogo e permite que ele se propague. 

Reação em cadeia: Combustível, comburente e calor isoladamente não produzem fogo, mas, interagindo entre si, realizam a reação em cadeia que gera a combustão.

 

Existe fogo nos outros planetas do Sistema Solar? | Super

Fonte: Super Interessante

 

]Quando o fogo passa a ser denominado de incêndio?

Passa a ser chamado de incêndio uma ocorrência de fogo não controlado. Os incêndios podem ser extremamente perigosos para os seres vivos e para as estruturas. 

 

Incêndios no Pantanal. Foto: Frico Guimarães

 

Como os incêndios florestais são iniciados?

Em períodos de seca a propagação do fogo sem  controle em áreas florestais e de savana, normalmente ocorre com maior frequência e intensidade, estando relacionada a redução da umidade ambiental.

Os incêndios podem iniciar-se de forma espontânea ou ser consequência de ações e/ou omissões humanas. 

  • Causas naturais, como raios
  • Imprudência e descuido de caçadores, mateiros ou pescadores, que fazem pequenas fogueiras que podem alastrar o fogo, em seus acampamentos
  • Fagulhas provenientes de locomotivas ou de outras máquinas automotoras, consumidoras de carvão ou lenha;
  • Perda de controle de queimadas, realizadas para “limpeza” dos terrenos
  • Incendiários e/ou piromaníacos.

 

Dicas e sugestões de como cozinhar na pescaria e no camping

Foto: Blog Pesca Gerais

 

Quais danos os incêndios florestais podem causar?

Engana-se quem pensa que os danos causados pelos incêndios são apenas ambientais. Os incêndios florestais além de causarem inúmeras consequências ambientais, também podem gerar prejuízos materiais e humanos.

Entre os danos materiais podemos citar a destruição das árvores em fase de crescimento ou em fase de utilização comercial, reduzindo a produção de madeira, celulose, essências florestais e outros insumos; Redução da fertilidade do solo, como conseqüência da destruição da matéria orgânica reciclável obrigando a um maior consumo de fertilizantes; Redução da resistência das árvores ao ataque de pragas, obrigando a um maior consumo de praguicidas; perda de produção; dentre outros aspectos.

Os se tratando de danos ambientais podem citar a redução da biodiversidade; Facilitação dos processos erosivos; Redução da proteção dos olhos d’água e nascentes; desequilíbrio de ecossistemas e por aí vai.

Para os humanos podemos citar as perdas de vidas humanas e traumatismos provocados pelo fogo ou por contusões; pessoas desabrigadas e desalojadas e redução das oportunidades de trabalho relacionadas com o manejo florestal.

 

Desmatamento e impunidade atiçam incêndios na Amazônia - ISTOÉ DINHEIRO

Fonte: ISTOÉ DINHEIRO

 

Nunca pensou por esse lado, né?

Por essa e outras razões, evitar e combater os incêndios é fundamental. Nesse mês, dezenas de brigadas voluntárias estão sendo capacitadas no Pantanal pela equipe do IBAMA e SOS Pantanal para lidar de maneira coordenada com o manejo, prevenção e combate ao fogo.

No próximo blog vamos contar um pouquinho como ocorre o treinamento dessas brigadas. Fiquem ligados

 

Texto por: Fernanda Sá

Close Menu