O PANTANAL PRECISA DE VOCÊ

Informar e promover o diálogo para um Pantanal sustentável.

VOLTAR

Pantanal: temporada de seca

Tamanduá durante a temporada de seca no Pantanal – Foto: Philip Morton/ Creative Commons

No final de abril, começo de maio, acabam as chuvas e começa a temporada de seca no Pantanal. A água que inundava a planície passa a ser cada vez mais difícil de encontrar e se concentra em pequenas poças onde os animais se amontoam para matar a sede.

As árvores perdem as folhas para economizar água e a paisagem, que era verde e exuberante, se torna marrom e árida. Aves começam a se concentrar nas poças, onde peixes aprisionados são presas extremamente fáceis. Periquitos chegam aos bandos para recolherem as sementes deixadas pelas plantas aquáticas e os mamíferos voltam a povoar os campos. Alguns se arriscam fora das matas de cordilheira tentando matar a sede, enquanto outros espreitam as poças esperando por uma possível presa.

Socó-dorminhoco (Nycticorax nycticorax) com peixe  – Foto: Fábio Paschoal

No final de agosto/ começo de setembro, um dos eventos mais marcantes do ano se inicia: a floração das piúvas (ipês). O Pantanal fica cor de rosa por uma semana. Depois é a vez do para-tudo colorir a planície de amarelo por sete dias. Em seguida, as flores roxas do tarumã fecham o espetáculo. Após uma semana as árvores perdem as flores e a paisagem volta a ser monocromática. 

Piúva florida – Foto: Fábio Paschoal
No auge da seca (final de setembro/outubro) os jacarés passam a vagar pela planície procurando por uma poça maior, que ainda tenha alimento disponível. Em casos extremos, podem se enterrar na lama e passar até dois meses esperando pelas próximas chuvas. Mas a situação pode ficar tão dramática que as mães chegam a comer seus próprios filhotes. 
É uma época de fartura para urubus, carcarás e outros animais que se alimentam das carcaças daqueles que não conseguiram suportar as condições severas trazidas pela seca.
O vento e a poeira se são constantes, o capim fica extremamente seco e tempestades de raios podem começar um incêndio, espalhando o fogo rapidamente. É então que as chuvas começam, trazendo a água que renova a vida e inicia um novo ciclo no Pantanal.
Pantanal: temporada de seca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *